Anúncios

Existe um perfil de pessoas que é facilmente encontrado mesmo em ambientes extremamente hostis e desafiadores. São os agentes da transformação – ou, como gosto de chamar, os heróis sem grife. Eles se destacam por seu posicionamento e pela forma como lidam com as adversidades.

Tenho observado isso nos mais diversos campos e áreas, de organizações públicas a privadas, instituições e organizações sem fins lucrativos. E me vi perguntando: o que faz com que o perfil dessas pessoas seja o ideal para empresários, organizações ou, por que não, cidades, estados e nações? A transformação que elas causam no ecossistema em que atuam.

Heróis sem Grife versus Líder Heroico

Quando se fala em liderança, grande parte da literatura especializada cultua a figura do herói. Como se o papel de alguém nessa posição fosse centrado em si mesmo e todos os resultados adquiridos fossem personificados nessa única figura, e não em uma construção coletiva e colaborativa.

Contudo, percebo que os reais agentes de transformação costumam não se encaixar no perfil de líder heroico. Ao contrário, são pessoas anônimas e de baixa visibilidade, com uma capacidade enorme de influenciar transformações. Sejam elas individuais, coletivas ou organizacionais. De grande magnitude e profundidade. Seguramente, são pessoas que impactam vidas (a minha própria, inclusive). E, às vezes, elas nem desconfiam.

É por isso que chamo essas pessoas de “heróis sem grife”. Pela capacidade de mudança radical que possuem e por seu amplo alcance. São pessoas que evidenciam o outro, que possibilitam que dificuldades sejam superadas e resultados sejam atingidos. Que beneficiam, antes de tudo, o coletivo.

Muitas pessoas, mesmo no anonimato, continuam construindo pontes e realizando grandes transformações por onde passam e atuam. São verdadeiros e incansáveis “heróis sem grife”. São agentes de transformação que potencializam mudanças radicais em indivíduos, grupos, organizações, povos e nações.

Identifique os Heróis sem Grife 

Já os verdadeiros agentes de transformação serão sempre lembrados como pessoas confiáveis. Porém é difícil adjetivar essas pessoas, pois costumam aparecer com uma intensa carga de atributos e qualidades. Qualquer exercício no sentido de listá-las corre o risco de ser incompleto. Baseado em minha experiência e observações, atrevo-me a descrever apenas algumas delas, e deixo a conversa aberta para quem quiser lembrar outras.

1. São verdadeiros seres humanos

Todos somos seres humanos, mas uma característica que ao longo da história da humanidade nos diferenciou é a nossa capacidade de colocarmos um propósito maior e/ou coletivo à frente de anseios e desejos individuais.

Os agentes de transformação são pessoas que realmente se entregam de corpo e alma a um propósito ou causa e trabalham no nível individual apenas como forma de contribuir a um objetivo maior e coletivo;

2. Visão diferenciada

Agentes de transformação possuem uma visão diferenciada de situações e ambientes. Eles conseguem observar uma problemática de diversas perspectivas e estão constantemente verificando se possuem um entendimento correto.

3. De olho no futuro

Outra característica importante dessas pessoas é que conseguem se antecipar a situações futuras em função de sua visão ampla. Contudo não utilizam essa capacidade em benefício próprio. Aqui ocorre uma bifurcação entre quem é ou não um agente de transformação.

Ambos os perfis irão gerar mudanças, mas a sustentabilidade das mesmas dependerá de quão alinhadas estão em relação ao benefício do todo e/ou coletivo. Isso tornará as as ações legítimas, mesmo que, eventualmente, não sejam as melhores ou até estejam equivocadas.

4. Coragem

Reais agentes de transformação possuem coragem para confrontar todo e qualquer tipo de situação, sem temer os prejuízos que essas situações possam trazer a eles particularmente. Quando identificam que existe um propósito legítimo ou que um bem maior pode ser alcançado, vão em frente.

E mesmo podendo ser atacados em sua reputação ou ter suas reais intenções questionadas, estes indivíduos se mantêm fiéis a seus princípios e valores.

Com isso, ao longo de sua caminhada aproximam-se de outras pessoas que compartilham desses propósitos e valores, formando parcerias em prol do bem comum.

Gratidão

Enfim, tenho certeza que muitas pessoas foram lembradas por você ao longo da leitura desse artigo. Se vieram a sua mente, é porque você foi realmente tocado por elas em alguma transformação significativa em sua vida. De alguma forma, essas pessoas estiveram presentes e influenciaram o seu crescimento, sua tomada de decisões. Com certeza, o fizeram se sentir melhor como pessoa e como parte de um propósito maior.

Dessa forma, a gratidão, aqui, é apenas um pequeno gesto que serve de combustível para que esses “heróis sem grife” continuem firmes em sua jornada.

Eu, particularmente, dedico este artigo a todos os agentes de transformação que, mesmo no anonimato, continuam sua luta por algo melhor. Especialmente a minha esposa, Raquel Ely, que realiza um trabalho transformador junto a famílias e pessoas que convivem com TEA – Transtorno do Espectro Autista.

Publicação Original: “Parabéns: Você, realmente, é um agente de transformação!” – Site Reflexões e Conexões

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: